quinta-feira, 19 de novembro de 2009

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Poesia da semana


Poesia da semana
04/05 a 08/05/2009

azul mais azul que todo o azul do mar
azul mais azul que todo o azul do mundo que azul tão azul tinha
ali o azul do céu
para onde azulou o passarinho meu


Alexandre O' Neill

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Poesia da semana

Poesia da semana
27/04 a 01/05/2009

O outro lado das coisas
As palavras são fundantes?
Também desagregam.


O amor cega?
Também revela.


O ódio destrói?
Também liberta.


A dúvida paralisa?
Também inspira.


A coragem é altruísta?
Também é soberba.


O medo atrapalha?
Também protege.


A vida é tragédia?
Também é gloriosa.


A morte é o termo?
Também é o recomeço.


João Melo

sexta-feira, 24 de abril de 2009

CONCURSO - UM LIVRO NUMA FRASE” OU... “UM LIVRO NUMA FOTO


CONCURSO:


“UM LIVRO NUMA FRASE” OU... “UM LIVRO NUMA FOTO



Mostra a tua originalidade!

Entrega o teu trabalho na Biblioteca, até dia 30 de Abril.

Diverte-te e ganha prémios!

segunda-feira, 16 de março de 2009

Reportagens sobre o novo Bloco B


O “NOVO” BLOCO

Foi inaugurado e renovado o Bloco B, na Escola Secundária Mouzinho da Silveira. Este foi reconstruído com base no antigo Bloco B que teve algumas alterações. As salas de aula são maiores, possuem retroprojector ou quadro interactivo, têm também portas mais largas para alunos deficientes, ao lado da porta existe uma vidraça que nos permite observar o corredor. Existem casas de banho masculinas e femininas em ambos os pisos, ao lado destas existe também uma casa de banho para deficientes, apenas as escadas não lhes são favoráveis. Neste novo bloco foi também acrescentada uma sala de pequenos grupos e um Gabinete de Professores.
Todo o Bloco tem instalado um sistema de aquecimento.
Assim dá gosto aprender!

Maria Clara Caldeira, 7.º B


O RESTAURO DO BLOCO B DA ESCOLA MOUZINHO DA SILVEIRA

Esta escola está a ficar magnífica e inovadora. Adorei!!!
Durante seis meses houve obras de restauro no Bloco B, da Escola Secundária Mouzinho da Silveira, em Portalegre, a mando do Ministério da Educação e hoje, dia 16 de Fevereiro, reabriu.
Este Bloco tem muitas diferenças dos “velhos” e os alunos que se mudaram para este Bloco sentiram-nas, mas gostaram muito e estão entusiasmados.
Eu tive a oportunidade de estar presente nestas instalações e as mudanças que pude observar foram: a porta de entrada é mais inovadora, as casas de banho têm cor, autoclismos mais modernos e espelhos muito grandes e há uma casa de banho para deficientes. O Bloco tem uma sala de reuniões, um gabinete para professores, tem uma “cave” e uma sala de arrumações, uma sala de pequeno grupo e nove salas de aula. Fui também informada que estas salas não vão ter, para já, as suas funções, pois a escola ainda está em obras e não as podem ter.
Quando fui ver a sala 6 reparei nas escadas e estas também são diferentes. Já na sala, observei que os quadros são magnéticos, tem um computador, as persianas são diferentes, tem um retroprojector, cabides e janelas diferentes.
Esta sala tem mais fichas de electricidade e um botão para chamar a funcionária.
Na saída reparei que o Bloco já não se chama assim, mas sim PAV B.

Ana Rita Lourenço, 7.º B
  • Trabalho realizado no âmbito da Disciplina de Estudo Acompanhado

quinta-feira, 12 de março de 2009

Poesia da semana


Poesia da semana
09/03 a 13/03/2009

OCEANO

Dá-me tu
a trégua
Que a mim
a tempestade vem-me
de um oceano sem calma
Reclamando o sal
do fundo da alma

Maria Teresa Horta

quarta-feira, 4 de março de 2009

SEMANA DA LEITURA

SEMANA DA LEITURA
(2 a 6 de Março de 2009)

ACTIVIDADES

- Exposição: “170 anos do nascimento de Júlio Dinis”
- Exposição: “Júlio Verne – vida e obra”
- 4 de Março – “15 minutos com os autores”
(leitura de alguns capítulos das obras mais conhecidas)
- 4 de Março -Chá com Livros – 7º A (18.00h)
- 5 de Março -Chá com Livros – 7º B – (18.00h)
- 3 de Março - Oficina de Leitura/Escrita – 7º B – (15.10/15.55 h )
- 11 de Março -Chá com Livros –7º C (18.00h)

Poesia da Semana

Poesia da Semana
02/03 a 06/03/2009

CANÇÃO

Sol nulo dos dias vãos,
Cheios de lida e de calma,
Aquece ao menos as mãos
A quem não entras na alma!

Que ao menos a mão, roçando
A mão que por ela passe,
Com o externo calor brando
O frio da alma disfarce!

Senhor, já que a dor é nossa
E a fraqueza que ela tem,
Dá-nos ao menos a força
De a não mostrara ninguém!

Fernando Pessoa

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Poesia da Semana


Poesia da Semana

16/02 a 20/02/2009

A ANÉMONA DOS DIAS

Aquele que profanou o mar
E que traiu o arco azul do tempo
Falou da sua vitória

Disse que tinha ultrapassado a lei
Falou da sua liberdade
Falou de si próprio como dum Messias

Porém eu vi no chão suja e calcada
A transparente anémona dos dias.


Sophia de Mello Breyner Andresen

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Concurso do Dia dos Namorados - Uma História de Amor...

Concurso
Uma História de Amor...
14 de Fevereiro de 2009

PRÉMIOS PARA OS 3 MELHORES TRABALHOS

Lê as regras do concurso

- Podes escrever em prosa – Um texto original, imaginado pelo concorrente, tendo como limite uma página.

- Ou Podes escrever uma poesia – Um texto original, imaginado pelo concorrente, em verso branco ou rimado.

- Os trabalhos deverão ser entregues até ao dia 11 de Fevereiro, na Biblioteca, devidamente identificados – nome, ano, turma.

- Os trabalhos premiados poderão ser publicados com o respectivo nome do autor ou sob um pseudónimo (se o mesmo o entender).

- O júri será composto pela equipa de professores responsáveis pela Biblioteca.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Sprite

Como Salvámos

SPRITE

Resumo:

Este livro conta-nos a história de uma família que acolheu um cão chamado Pepsi. Seis anos mais tarde, a mulher e o filho convenceram Mark a adoptar um outro cão.
Apesar de ser mais velho do que pensaram inicialmente, era o cão mais lindo que jamais tinham visto.
Puseram-lhe o nome de Sprite e as suas vidas nunca mais foram as mesmas.
Sprite tinha graves problemas de saúde, que acabaram por debilitá-lo. Ele era um cão meigo, divertido e corajoso e valorizava cada momento que vivia, parecendo adivinhar que o tempo que lhe sobrava na Terra ia ser demasiado breve.
Pepsi aceitou muito bem Sprite, rapidamente se tornaram inseparáveis... Pepsi aprendeu muitas coisas com Sprite, como por exemplo a dar a pata. Sprite todas as noites lambia a cabeça do seu companheiro (Pepsi), numa demonstração de carinho. Os dois partilhavam as refeições, sem haver ciúmes...
Sprite começou cada vez a ficar pior e o seu companheiro (Pepsi) apercebia-se, e Mark notava alguma tristeza em Pepsi...
Sprite e Pepsi adoravam Mark, para onde ele ia, eles iam atrás!
Sprite começou a ter uns ataques e a ter artrite... E isso começou a fazer com que ele não pudesse correr e caminhar tanto como dantes... Mas, mesmo assim, Sprite aproveitava todos os momentos que lhe sobravam e lutava contra as doenças, parecia adivinhar que o tempo que lhe restava ia ser demasiado breve.
Antes do Natal de 2006, Sprite morreu, deixando toda a família e amigos consumidos por um desgosto enorme...
Então Mark decidiu cremá-lo e plantar uma árvore lindíssima onde espalhou as suas cinzas...
Pepsi foi talvez quem sentiu mais a sua falta...
Quando Mark menos esperava teve outro cãozinho, chamado Griffen, que a filha foi buscar a um canil e que também era muito bonito...
Este livro é bastante comovente, mas também é muito bonito, foi o livro que mais gostei de ler até hoje... Aconselho-vos a lê-lo, mas quem gosta muito de animais vai emocionar-se... E vai dar ainda mais valor aos animais!

Por: Sofia Pequito 7ºA

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Poesia da Semana


Poesia da Semana
26/01 a 30/01/2009

VOU DAS ANTÍTESES PARA O ABSOLUTO

Não expulsarei os deuses e os demónios
que discutem a posse da minha alma.
Quero pregar-me na cruz dos ventos
e descer-me depois na manhã calma.

Eles que pintem minha pintura essencial
com o sangue onde me exigem a dor da vida.
Que sejam deuses e demónios a justificar
a imortalidade a que estou prometida.

Natália Correia